musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - ME JOGUEM PROS CãES - TESE - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Me Joguem Pros Cães letra


Hoje acordei pelas metade
Partiram minh'alma ao meio
Vou decifrá-la em compassos
E servir como banquete
Mas tô sem espaço!
Pois já não querem alma mais
Se me jogarem pros cães
Talvez sejam mais sentimentais

Investi minha vida nisso,não omisso
Fiz compromisso sincero
Fiz do rap meu martírio, calibre no meu complexo
Quebraram pontes à metades
Ruínas do que fizeram
Será que protegeram jazidas, com tijolos que se quebram, mano?
E a referências nisso?
E a diferença?
Tira essa porra do declínio, antes que cai na decadência
Vai dizer que benção cai nessa cabeça
Sai desapareça
Sai dessa aparência rapaz!
Não faço rap por orgulho
Acumulo no sentimento
No peito que explode a alma
Aqui dentro não tem medo mais de sofrer
Que vai dissolver
Que vai de você ter fé
A ferida cicatriza, mas deixa a marca da chaga na pele
Não interfere
Mas se a marca for a falha no caráter, parceiro então considere
Por que
Já tô cansado dessa
Miliano rimando meu suor não vai se atoa

A cada frase que expresso
Meu sentimento, minha prece, só peço
Que não se entregue ao declínio desse processo
Se eu prezo, conscientização
Mas do que vale a mente pra quem perdeu o coração, irmão?

É claro!
Tô ne um baralho a onde o joker vale pouco
Tentando lugar no truco, quando o meu lugar é poker
Desanimar, isso é pouco
A onde o esforço não vale um quimba
Ideias virando fumaça e os mano preso a nicotina, saka?
Será que a vida passa e breve como um flash apaga?
Se a vista embaça, realidade não basta
Se eu tô na caça diária além do que eu consiga ver
Será que vai entender?
Que cada passo é um chute né cada virga
Desalicerçar o concreto que aprisiona nossa vida?
Será que não cai a ficha
Que o horizonte não é cinza do outro lado pra você?

Agora as flores já se foram
Primavera de outrora
As dores que restaram foram
Marcas de nossa historia
É embaçado né?
Se a realidade é sinistra, invista em algo que motiva a te permanecer de pé

A cada frase que expresso
Meu sentimento, minha prece, só peço
Que não se entregue ao declínio desse processo
Se eu prezo, conscientização
Mas do que vale a mente pra quem perdeu o coração, irmão?!

Tese - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br