musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - FRENZY - TESE - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Frenzy letra


Bagulho é louco e a rotina querendo matar você
Em cada esquina decida, qual direção vai percorrer
Quem se envolver, não tô pra me perder em nada
Me corromper a alma, me entorpecer

Já que a realidade é lagrimas no chão
Minha noção quem vai falar
O mundo é cão
Desilusão que ladra sem parar

Decepção
Quem é tão justo assim para julgar?
Meu coração
Ferido por um adaga partido

Num é, que só quem sabe entende a dor que se passa
Prisioneiro disfarça, quando o medo disparar
Te despachar, te desfaça das malas
Onde a vida é passageira mas o voo não vai pra Dallas

(Meu bom)
É sempre, difícil de permanecer por aqui
É assim, que a vida te cobra a viver refletir, decidir
Se vai aceitar os conselhos, pois tem quem não da a mão
Mas ta sempre apontando o dedo (fi)

É foda, é fato, é cocaína
Adrenalina no sangue, esse bang é só guilhotina
É tempo de rever os papéis, erguer os fiéis
( É preciso saber, onde se quer chegar)

É foda, é fato, é cocaína
Adrenalina no sangue, esse bang é só guilhotina
É tempo de rever os papéis, erguer os fiéis
(La rá la, la rá la la la)

Sem espaço nessa porra, a vida conspira
Como conquistar? se ela não te inspira
Só vacila, sem me emocionar
Made-in Gyn, caipira, cai, pilha

De neguim que tenta ofuscar meu sol, jogo vira
Deus, virá! tocando o veneno mesmo
Refém do medo não permaneceis, sofrimento efêmero
A fé fermento, tô no firmamento!

(Respeite quem pode chegar onde a gente chegou)
Todos querem adoração, mas adora ação
Mas agora são, oração (Hora de mudar)
O vento leva a frustração, trás disposição, é a minha missão
(Na, na, na, na, não vou parar)

É um ciclo vicioso, a ferro e fogo fere
Ocioso não interfere, ansioso pra essa bad
Não dar um break nas tracks
Então adere, só faltou o sample da Adele
E a vida vai fazer questão de te engasgar com os Boom Bap

É foda, é fato, é cocaína
Adrenalina no sangue, esse bang é só guilhotina
É tempo de rever os papéis, erguer os fiéis
(Nossa fé, são nossos braços)
É foda, é fato, é cocaína
Adrenalina no sangue, esse bang é só guilhotina
É tempo de rever os papéis, erguer os fiéis
(La ra la, la ra la la la)

Então vai
E toque ao fundo do mundo é obscuro
Pegue seu remo e navegue profundo(OSS)
Viver de canto pra tantos os prantos é barranco
Encanto com canto viver compor, sonhar é meu manto

É nessa vivencia que a essência se cansa
Cê nem vê a dança, só mal esperança
O bem que você quer, balança em lembrança
Descansa pra ver se o ciclo espera

Tamo na guerra com os sinos tocando
Escudo fechando, então mano, óh
(Vê se me erra)
Vai, vai, em correntes que te laçam

Os erros que te lascam, os fracassos você masca
O ódio é dose nas taças
Recuam, se curvam, vista é turva e sem amparo
A alma que sobe, não quer o sal desse asfalto

Entre a saga e o firmamento, afaga o sabor do vento
Naufraga o que a tempo, morremos com a mão ao remo
Eis-me aqui, e assim que eu vou
Na contra-mão é com destino procurando esse amor

Tese - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br